/ NOTÍCIAS

Retomada de linhas de ônibus e mobilidade urbana são temas de reunião na ACRJ

A mobilidade urbana dos cariocas foi pauta de reunião entre o presidente em exercício da ACRJ, Daniel Homem de Carvalho, e o presidente do Rio Ônibus, João Gouveia Ferrão Neto, na tarde desta terça-feira (04/04). Gouveia fez um balanço da situação atual do setor, lembrando que diariamente, mais de dois milhões de embarques são realizados nas linhas de ônibus da cidade do Rio de Janeiro. “Ou seja, a cada três dias, o sistema de ônibus operado pelos consórcios transporta o equivalente a toda a população do município em seus coletivos”, informou.

Daniel Homem de Carvalho destacou que este é um tema importante para o setor produtivo da cidade, especialmente para os empresários do setor de comércio, o que mais gera empregos na cidade. “Além da atenção à capacidade de fluxo cotidiano de funcionários e clientes por transporte público, existe a preocupação com o ambiente adequado para a receptividade de novos investidores na cidade”, disse.

“Empresas de ônibus e consórcios operadores vivem um novo momento na cidade. A partir do acordo firmado com a Prefeitura e o MP em maio de 2022, conseguimos implementar uma força-tarefa que tem sido exitosa em diferentes aspectos, desde a retomada de 66 linhas às ruas, a ampliação da frota em mais 400 ônibus circulando, o religamento do ar condicionado em 73% dos veículos em operação, até a implementação de regras de compliance e aplicação de práticas de ESG”, explicou João Gouveia.

De acordo com dados do Rio Ônibus, desde o início da crise financeira, em 2016, os reflexos da redução de passageiros vêm gerando impactos nos deslocamentos da sociedade. A chegada da pandemia acelerou o processo de envelhecimento da frota, ampliando a idade média de 3 para 7 anos. Esta realidade resultou no fechamento de empresas, dificuldades para pagamentos de folha e insumos como óleo diesel, conduzindo o sistema a um nível de extrema necessidade até o momento do acordo com o poder público no ano passado, quando a Prefeitura passou viabilizar os pagamentos de subsídio para complemento do valor das passagens dos cidadãos.

Todo este conjunto de ações tem influenciando positivamente no posicionamento institucional do Sindicato, que tem atuado de acordo com três importantes eixos: comunicação, mercado e gestão estruturada. Os resultados destas ações têm sido bem absorvidos à estrutura de mobilidade urbana da cidade, a começar pelas parcerias positivas recentemente firmadas pelo Rio Ônibus com importantes entidades voltadas à ampliação dos conceitos de sustentabilidade, governança e abrangência social.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Transporte público: aonde chegamos e para onde vamos

POR FRANCISCO CHRISTOVAM, presidente executivo da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos – NTU. É importante registrar, de partida, que o ano que se encerra foi muito importante para o setor dos transportes coletivos urbanos de passageiros, seja pelos avanços alcançados na aplicação de novas tecnologias, seja por uma nova visão sobre a importância

// LEIA MAIS

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS


powered by MailChimp!
Scroll to Top